Bate Papo e Novidades

Oi Pessoal, tudo bem? Depois de alguns dias de sufoco aqui com a faculdade e a correria de vários trabalhos pra entregar e provas pra estudar, consegui voltar e tenho muitas coisas novas pra contar, e sobre o que vai rolar no canal e no Blog agora. Vamos conferir?

Super beijo, até o próximo post!






Tempos de mudança

Oi Pessoal, tudo bem? O post de hoje é mais um daqueles filosóficos que a pessoa que voz fala adora escrever quando a inspiração aparece hahaha.
Tem um tempo já que eu venho buscando maneiras de melhorar meus hábitos, não só os meus mas a rotina dos meninos também. Travamos uma bela batalha contra o horários de sono dos meninos e com a ajuda das dicas de SUPER NANNY rsrs estamos conseguindo vencer. Os meninos sempre dormiram tarde, sempre!, e isso nunca foi um problema pra nós, já que a nossa rotina é tarde, chegamos tarde da faculdade, buscamos ele nos meus pais muito tarde, era meio que natural, mas agora resolvemos que isso precisa mudar, pelo menos na férias, e depois? Ah, depois a gente da um jeito.
Hoje o horário máximo deles é 22:00. Nem um minuto a mais. O Rodrigo dorme numa boa, coloco no berço, apago a luz e boa noite, sem maiores problemas, já o Bernardo, ahhhhh o Bernardo é ou melhor ERA um problema na hora de dormir. Depois de muito tentar, e persistir conseguimos tirá-lo do nosso quarto, chega de cama compartilhada. Muitas pessoas me perguntam o que eu acho sobre criação com apego, daquelas extremas onde o filho dorme com pais até quando quiser, e eu não to aqui pra dizer que é certo ou errado até porque cada mãe e cada pai sabem o que é melhor pra criação dos seus filhos, o alerta que eu dou é: cuidado! Cuidado no sentido de que, depois de um tempo as coisas começam a se complicar e tira-los do quarto se transforma nun pesadelo. Nós aqui bem sabemos disso.
Enfim, esse post não 'sobre o sono deles, é sobre mudança. Quem me segue nas redes sociais por ai já deve ter reparado que eu voltei pra minha antiga vida "saudável". Comecei a comer melhor, me rendi as aulas de jump e resolvi que agora vai rs.
Estou me concentrando mais nas coisas importantes, o que explica meu sumiço do youtube (não que isso não seja importante) mas a faculdade tem tomado muito o meu tempo e eu resolvi me dedicar o máximo possível e depois de pegar minhas notas desse semestre, respirei aliviada tipo: dever cumprido sabe?. Outra coisa que eu resolvi mudar: gastos desnecessários! Decidi parar de usar tanto o cartão de crédito, comecei a calcular melhor os meus gastos e descartar certas comprar "dispensáveis".
Toda mudança gera um estresse, afinal temos que sair da nossa zona de conforto e isso não é muito legal, mas depois que as coisas se encaixam, tudo começa a fluir melhor. Eu me afastei um pouco do mundo virtual esses tempos, precisava respirar, precisava voltar a me conhecer, reconhecer onde eu estava errando, comigo, com as minhas coisas, com a rotina e com a minha família. Agora que tudo se encaixou, que o sufoco acabou (ou quase porque hoje é a minha ultima prova na faculdade e meu grito de liberdade está marcado para as 21:00 hrs rs, meu deus, que semestre foi esse, que sufoco, quantas noites mal dormidas, quantos trabalhos pra entregar, quantos relatórios pra fazer, quantas provas pra estudar..) posso voltar com a sensação de que fiz tudo que tinha que ser feito. O Blog e o Canal estarão de cara nova semana que vem, tenho muitos assuntos pra por vocês em dia, muita coisa aconteceu nesses últimos dias "sem vocês", e tem muita coisa pra contar.
Meu conselho pra quem quer mudar tudo ou alguma coisa que não está legal é: vá em frente! Não desista, se precisar de um tempo pra respirar, pare, respira, reflita e não pira!


Bom, por hoje é só, acho que acabaram os pensamentos filosóficos rs.

Super beijo e até BREVE!







Dica da Mamãe: Linha Dermodex

Oi pessoal, tudo bem? Bom dia! O post de hoje é mais uma dica da mamãe sobre uma linha de pomadas de prevenção e tratamento para assaduras.
A linha DERMODEX*, eu particularmente tenho preferencia por essa linha. Adoro essa linha, e sempre usei com os meninos. Com o Bernardo, outras marcas também funcionavam na prevenção contra assaduras mas, para tratamento, só essa linha de tratamento resolvia.
Já com o Rodrigo é mais complicado. Ele tem a pele muito sensível, já tentamos de tudo tanto para prevenir quanto para tratar assaduras e depois de várias tentativas a única linha que deu certo pra ele foi a DERMODEX.

Imagem Google


Os cremes para assaduras dessa linha são muito eficientes e eu gosto muito tanto da textura quanto do cheiro. Na hora da troca de fraldas eles saem facilmente com o uso de lencinhos e o melhor: não mancham!
A Medley tem uma pomada similar a Dermodex tratamento da linha genérica e contém todos os  componentes que a original contém e eu costumo comprar, além do preço que é mais em conta.

Imagem Google

Imagem Google

Os Preços variam entre R$16,00 e R$50,00 reais e valem muito a pena, principalmente se seu bebê tem a pele sensível e troca muitas fraldas por dia.

A dica da mamãe de hoje é essa, espero que tenham gostado. E vocês tem alguma pomada preferida? Conta pra mim.

Super beijo, até o próximo post!







Amamentação sem sofrimento

Oi Pessoal, tudo bem? O post de hoje é sobre um assunto que com certeza é o pesadelo de toda futura mamãe: Problemas nos seios na amamentação.
Amamentar é um dos momentos mais incríveis que a maternidade pode proporcionar, não preciso nem listar aqui as vantagens de amamentar seu bebê, mas para que esse momento seja prazeroso, dores e machucados não devem existir.

Quando eu estava grávida sempre ouvia histórias horripilantes de mulheres que sofreram muito pra amamentar, tiveram rachaduras horríveis, mastite, o leite empedrou, o bico não formou, ficou inchado e vermelho, dolorido, tudo que vocês podem imaginar. Eu pensava muito se eu ia conseguir amamentar, se eu ia sofrer tudo isso e foi aí que descobri que a falta de informação combinada com a falta de cuidado e prevenção durante a gravidez.

Meu obstetra é especialista em cuidados com a mama e me deu várias dicas de como cuidar dos seios pra amamentação ser sofrimento algum, então vou listar aqui as dicas para todas as futuras mamães que estão lendo isso saberem o que fazer.
Imagem Google

Vamos aos cuidados durante a gestação:

- Tome de 15 á 20 minutos sol no bico dos seios todos os dias.

- Faça bastante massagem com as mãos, até para ajudar na formação do bico caso você não tenha.

- Durante o banho, use uma bucha vegetal e massageie o bico dos seios (eu sei que parece incomodo
mas ajuda muito a enrijecer a pele e evitar futuras rachaduras)

- Use todos os dias a noite uma pomada para o bico dos seios, aquelas que os médicos costumam indicar quando a situação já está fora de controle, existem muitas marcas no mercado, elas ajudam na hidratação e também evitam rachaduras, vermelhidão e futuros incômodos.

- Estimule as glândulas mamarias! Massagens circulares nos seios, principalmente no final da gravidez, ajudam a estimular as glândulas para a produção de leite que está próxima.

- Durma com tops ou algum sutiã confortável. Com a gravidez as mamas aumentam muito de tamanho e o incomodo para dormir é grande.

Bom, é isso. Eu fiz isso desde a primeira gestação e nas minhas duas experiências com a amamentação  não sofri nada do que me disseram antes. Foi sem sofrimento. Claro que precisei de um tempo para me acostumar com o ritmo das mamadas, com o tempo e tudo mais, mas sem dores e rachaduras tudo foi muito mais tranquilo.

Espero ter ajudado. E vocês, mamães de segunda ou terceira viagem, tiveram alguma experiências "horripilante"? Sim? conta pra mim aqui nos comentários.

Super beijo, até o próximo post!









TAG: Chubby Bunny "O Retorno"

Oi Pessoal tudo bem? Vocês achavam que o Chubby Bunny não podia ficar pior? Gravamos mais uma vez essa TAG Super engraçada e dessa vez com o meu irmão e a minha prima. Vamos conferir? Aperta o Play e é risada garantida.

Super beijo, até o próximo post!





Sobre o 7x1

Meninos,
(sim, meninos, porque quando uma seleção é eliminada na Copa do Mundo, não há mais homens no gramado. Há meninos. Com olhos vazios, sem rumo e sem qualquer indício de vergonha ou de pudor.)
Escrevo só para agradecer.
Agradecer porque vocês nos fizeram sentir o que há muito tempo não sentíamos.
O nervosismo. A voz embargada. Tensão. Alegria. Nó na garganta. Dor de garganta. Explosão. Tristeza. Desilusão. Um turbilhão de sentimentos condensados em 4 semanas.
Agradeço porque vocês conseguiram mexer com muitas emoções que andavam paradas. Bandeiras na janela por amor a um país (e não apenas a uma seleção), acima de qualquer outra questão.
Porque vocês fizeram mais do que colocar corações para bater mais forte. Vocês colocaram corações absolutamente brasileiros para bater.
Agradeço porque a cada jogo que passava, me sentia mais parecida com os desconhecidos na rua. Mais próxima do meu país, da minha gente.
Agradeço porque o desfecho traumático não anula a alegria vivida.
E por saber que vocês vão ter que encarar aqueles brasileiros de momento, que até ontem tinham orgulho e hoje já acham que “isso é Brasil”.
Mas não se preocupem, para nós também é difícil suportá-los. Tamo junto.
E o fato é que a tristeza é geral: do campo, do banco de reservas, da arquibancada, do sofá da sala, do banco do bar, da sarjeta.
Mas, por favor, entendam, nós não estamos tristes com vocês, estamos tristes JUNTO com vocês.
E tanto é assim que posso garantir que milhares de brasileiros queriam poder dar em vocês hoje o abraço que o David Luiz deu no James depois da eliminação da Colômbia.
Obrigada, meninos.
Obrigada por me lembrarem que eu nunca quis ser europeia. Alemã, holandesa, francesa, belga… Nem que me dessem um belo par de olhos claros.
Que o que eu quero sempre é minha camisa amarela, minhas emoções escancaradas, quero o choro embriagado de hoje, esquizofrenicamente orgulhoso de ser quem somos até quando estamos apanhando como apanhamos.
Abracem seus pais. Seus filhos. Suas mulheres. Seus amigos.
Façam isso por nós, que queríamos abraçá-los talvez até mais do que iríamos querer se ganhássemos a Copa.
E continuem sendo assim, brasileiros, acima de tudo.
No cabelo enrolado, nas danças no vestiário, nos abraços verdadeiros, nos choros sofridos, na oração sincera e na certeza de que, bem ou mal, a gente segue em frente.
7 a 1? Dane-se.
Vocês me representam. E não é pela bola que jogam, é pelos caras que são.

Fonte: Ruth Manaus - Blog o Estadão



VLOG: Sex e sáb - Brasil, estudos e restaurante fail

Oi Pessoal tudo bem? O post de hoje é um VLOG de dois dias. Gravei a nossa sexta e o nosso sábado pra vocês. Teve jogo do Brasil, tarde de estudos, brincadeiras com os meninos e jantar em família..vamos conferir? Só apertar o PLAY!

Super beijo, até o próximo post!